Madagascar

Padrão

TovonayUltimamente, pode-se dizer que Madagascar tem estado no nosso (meu) inconsciente coletivo por causa do filme infantil, “Madagascar”. Lançado em 2005, fez tanto sucesso, que foram lançadas mais duas sequências, e atualmente, está em cartaz nos cinemas, “Os Pinguins de Madagascar“, o mais novo filme da série. Se o nome soa familiar, o mesmo não poderia dizer em relação ao país. Mas, como o #198 livros está aí, para nos aproximar dos países mais distantes, aí estão algumas informações e curiosidades que descobri.
A nação, oficialmente Republica de Madagascar, compreende além da ilha de Madagascar(uma das maiores ilhas do mundo,a quarta, na verdade), várias ilhas periféricas menores. Está localizada no Oceano Índico, ao largo da costa sudeste da África, e foi colônia da França no período de 1897 até 1960, quando conquistou sua independência. A capital é Antananarivo, e os idiomas oficiais são francês e malgaxe. A maior curiosidade para mim, foi saber que mais de 85% de toda a fauna e flora que vivem na ilha, não se encontra em mais nenhuma parte do planeta. Esse ambiente só foi possível graças ao isolamento em que a ilha ficou, ao se desprender do continente, quando o planeta ainda estava em formação. Foi nesse país, na cidade de Antananarivo, em 1948 que nasceu Michèle Rakotoson, autora do livro escolhido para  representar Madagascar, Tovonay l’enfant du Sud. Esse livro, foi escrito para adolescentes, como forma de homenagear todos os corajosos meninos de ruas, que ela conheceu em Antananarivo, após retornar do exílio na França, onde viveu desde 1983.

                  O livro conta a história de Tovonay, vítima do êxodo rural, juntamente com sua mãe e irmã. Quando seu pai se perde nas minas de safira, sua avó percebe que eles precisam emigrar para cidade para sobreviverem. Então com sua ajuda, e de um parente distante, eles se instalam em Antananarivo. A partir de então vai começar a luta de Tovonay, para sobreviver na cidade grande. Ele, apesar de ser uma criança de apenas 11 anos, assume o papel do pai, e toma as rédeas da sua vida, da sua mãe e da irmã. Ajuda a mãe no mercado, toma conta da irmã e vai para escola.  Sua vida não é fácil, e muitas vezes ele tem medo de fracassar e sucumbir as tentações da rua, mas sua avó lhe transmitiu sua coragem, e está sempre por trás, em seus pensamentos lembrando que seu neto não faria nenhuma besteira. Ele luta para permanecer na escola, e no futuro poder escolher entre ser mecânico ou médico. É um personagem apaixonante, pois mesmo com toda dureza da vida, que é obrigado a enfrentar, ele não perde a doçura e a pureza da criança, Deixa uma mensagem de esperança para os jovens, com seu exemplo, de que com trabalho, força e coragem é possível mudar nosso destino.

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s