Château d’Azay-le-Rideau

Padrão

DSC01483

          Para mim, esse castelo está entre os mais bonitos do Vale do Loire, fica no meio de um lindo parque e foi construído sobre uma pequena ilha do rio Indre, de forma que, quando olhamos para ele, temos a sensação de que está elegantemente pousado sobre as águas. Mesmo já tendo visitado outros maravilhosos castelos, ainda assim fiquei deslumbrada com tanta beleza!

DSC01485

DSC01477                São apenas 20 km a distância que separa Chinon, de onde estávamos, para Azay-le-Rideau.  A cidade tem pouco mais de 3.000 habitantes e o castelo está localizado na área urbana, no meio do parque.DSC01480

             O responsável, por tornar Azay-le-Rideau esse encanto foi Gilles Berthelot, que depois de adquirir a propriedade, em 1510, transformou o forte medieval em uma agradável e requintada residência, no estilo renascentista italiano, como convinha ao ministro de finanças do rei. Depois de se casar com Philippe (nome misto que se dava as mulheres na renascença)Lesbahy, rica herdeira das terras da redondezas, continuou sua brilhante carreira, ajudado por seu parente Semblançay, no reinado de Francisco I. Quando Semblançay é acusado de desfalque e executado, Berthelot, sendo suspeito de conivência, foge abandonando o castelo. Francisco I, o confisca, e oferece a Antoine Raffin, seu companheiro de armas e lutas. Os descendentes de Antoine Raffin ocuparam o castelo até o século XVIII. Em 1791, durante a Revolução Francesa, o marquês Charles de Biencourt, adquire a propriedade, e juntamente com seus descendentes restauram o brilho do castelo, e criam seu parque romântico. Até que o último marquês, arruinado, vende a propriedade no final do século XIX, e em 1905, o estado compra o castelo e uma parte do parque.

DSC01488           Uma alameda arborizada, conduz à entrada principal do castelo, que tem uma escadaria central(escalier d’honneur) como elemento inovador de Azay.DSC01467 DSC01464

                O castelo conserva as características do estilo do forte medieval através das torres de menagem.DSC01476

           Internamente, o castelo tem características do renascimento italiano. O interior é constituído de grandes salões e apartamentos suntuosos, que foram redecorados ao estilo neorrenascentista no século XIX. DSC01471DSC01470

 DSC01469

DSC01468                    A visita ao castelo leva aproximadamente uma hora e meia, tempo mais que suficiente para se encantar como o “Château”. Nossa próxima parada seria a pequena cidade de Montrésor, uma aventura que fica para o próximo post.

»

  1. Pingback: Vale do Loire | Ana Luiza

  2. Pingback: Montrésor | Ana Luiza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s