Quirguistão

Padrão

51+Z-A+xNwL._AA160_Saí do Caribe direto para as montanhas da Ásia Central, para um dos países menos conhecidos da família dos “stão“, cercado por eles(Casaquistão, Uzbequistão e Tadjiquistão) e pela China. E até onde me levaram as minhas pesquisas, com a mesma natureza deslumbrante. 90% do território do Quirguistão é formado por montanhas e lagos, o que lhe valeu o nome de “A Suíça da Asia” por quem lá esteve. E é neste deslumbrante cenário que se passa a história do autor Chingiz Aïtmatov, Jamilia.

Num pequeno vilarejo do Quirguistão uma família, vive oprimida pelos transtornos que a guerra vem causando, pois todos os homens adultos da família foram convocados para lutarem no front.  Aqueles que ficaram, em sua maioria mulheres e crianças, encontram dificuldades para reorganizar a vida, e realizar todo o trabalho necessário, sem o auxílio dos que partiram.  Essa reestruturação, no entanto, em nada alterou os rígidos costumes que norteiam a vida no vilarejo, e na família de Sait, o pequeno cunhado de Jamília, e narrador da história. Ele, de acordo com os costumes, assume algumas responsabilidades na família, por ser homem e suceder os irmãos mais velhos que partiram para guerra. Jamilia, sua cunhada estava casada há apenas quatro meses com seu irmão Sadyk, quando este partiu para a guerra, e apesar da ligação afetiva que os cunhados têm um pelo outro, eles não podem se tratar pelo primeiro nome, pois têm que observar os costumes. Jamília, não é só querida por Sait, mas por todos da família,  No entanto, apesar de não se lamentar ela não leva uma existência das mais felizes, fica triste, com a indiferença do marido revelada nas cartas que envia, pois são endereçadas a toda família, e indignada e ofendida com o assédio dos homens, inclusive da própria família de Sadyk.

Um dia chega ao vilarejo, Danibar, um jovem ferido na guerra, e que logo é chamado para ajudar a carregar os grãos para a estação de trem no pequeno vilarejo juntamente com Jamilia e Sait. Toda noite, no caminho de volta para casa, eles passam pelas montanhas, e ali rodeados pela natureza, eles sentem aflorar os sentimentos mais verdadeiros. Sait maravilhado, presencia o nascimento do amor entre os jovens, e pra ele também, esses momentos vividos tão intensamente, vão ajudá-lo a se descobrir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s