Saint-Germain-en-Laye

Padrão

DSC01254                  Situada a 20 km de Paris, Saint-Germain-em-Laye, fica no departamento de Yvelines, na região de Île-de-France, facilmente acessível por trem, o RER, linha A1. É uma viagem muito agradável, se é que se pode chamar de viagem, um trajeto tão curto. Durante o percurso, o que vemos pelas janelas do trem, são os arredores de Paris, uma sequência de casas residenciais simpáticas, com lindos jardins, ruas arborizadas, e o Sena, serpenteando. Saint-Germain-em-Laye é a última parada da linha A1 do RER, e a estação de trem fica no centro da cidade. Uma cidade muito charmosa, que vale a pena explorar, caminhando pelas suas ruas. Foi o que fizemos, antes de parar para um sorvete e começar a visita ao Château.

DSC01235

   DSC01238DSC01246           O Château de Saint Germain-em-Laye, é mais uma dentre tantas residências reais, fica no alto de um planalto, e de lá se tem uma vista indescritível de Paris, graças ao terraço de pedra, de 2,4 km de extensão construído por André Le Nôtre, entre 1669 e 1673, a partir dos jardins criados por Étienne Du Pérac. Os jardins são maravilhosos, adorei andar no meio de tanto verde, e o melhor é que eles continuam até se misturar com o bosque de Saint-Germain-em-Laye.

DSC01232DSC01248DSC01237DSC01249

                 Depois de explorar toda área externa, fomos conhecer a parte interna. Estava intrigada por ter visitado o pavilhão onde funciona o Hotel Pavillon Henrique IV, cujo restaurante possui um terraço com uma vista incrível, e ter descoberto que o quarto onde nasceu Luis XIV, em 1638, fica ao lado desse restaurante.  Ora o Château ficava bem próximo, mas mesmo assim era outro prédio. Só descobri o mistério, ao indagar aos funcionários do antigo castelo, agora Musée d”Archéologie Nationale.

DSC01234DSC01244DSC01241

                   A história é a seguinte: A primeira residência real foi construída em cima de um planalto e ao lado da floresta, em 1122, pelo rei Luís VI, o gordo. No período de 1234 a 1238, o rei São Luís ampliou o castelo, financiando a construção de uma capela, com o objetivo de manter as relíquias da paixão de cristo que tinha adquirido de Baudouin II. Essa capela em estilo gótico foi projetada pelo mesmo arquiteto, da Sainte Chapelle em Paris.O castelo foi ampliado no fim do século XIII com a construção de uma torre.  Em 1346, depois da guerra dos cem anos, o castelo foi incendiado pelas tropas do Príncipe Negro, filho do Rei da Inglaterra, que poupou apenas a torre e a capela.

Château Vieux com a capela ao fundo.

Château Vieux com a capela ao fundo.

DSC01259DSC01255

                 O Rei Carlos V providenciou a reconstrução do château entre 1364  à 1367. Francisco I, que se casou na capela do Château, passou mais de 1000 dias do seu reinado em Saint-Germain-em-Laye, o dobro do período que ficou em Fontainebleau, decidiu reconstruí-lo em 1539. Conservando mais uma vez, a torre e a capela, um novo castelo é reconstruído sobre as fundações do primeiro, sendo os trabalhos concluído por seu filho Henrique II. Ele também ampliou o Château, anexando a extremidade do terraço do lado do Sena, o “Château Neuf(novo)”, sendo a construção concluída por Henrique IV. Embora tenha nascido no Château Neuf, Luis XIV passou a maior parte de sua infância no “Château Vieux” que era  o seu preferido. Em 1660, se instala definitivamente no Château Vieux, abandonando o Neuf que foi praticamente todo demolido. Luis XIV contratou Le Nôtre para recriar os jardins, e Jules Hardoin Mansard para ampliar o castelo, projetando mais 5 pavilhões.

Maquete do projeto de Jules Hardouin

Maquete do projeto de Jules Hardouin

                 No entanto esses pavilhões não foram jamais concluídos, pois em 1682, a corte deixa Saint-Germain-en-Laye se instalando definitivamente em Versailles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s