Senegal

Padrão

 

         Senegal O Senegal ficou marcado nas minhas lembranças de criança, depois de assistir, com meus pais, ao Balé do Senegal. Ainda guardo na memória, as mulheres com seios nus, dançando num ritmo frenético, no Teatro Santa Isabel. Uma lembrança, na verdade, é muito pouco para se conhecer sobre um país, e por isso mesmo, esse projeto está sendo tão importante para mim. Antes de iniciar a leitura, o básico dos básicos, procurar no mapa mundi, onde está situado, para poder me transportar para lá. O Senegal fica na África Ocidental, faz fronteira ao oeste com o Oceano Atlântico, a leste com Mali, ao norte com a Mauritânia, e ao sul com Guiné e Guiné-Bissau. O país, que foi colônia da França, tornou-se independente em 1960, e sua capital é Dakar, famosa pelo rali Paris-Dakar.  Porém, o que me deixou mais surpresa, foi constatar que a poligamia, que de acordo com depoimentos de senegaleses, tem mais a ver com a cultura, do que com a religião, é uma prática comum nos dias atuais. Apesar de a religião predominante ser a Islã, com 95% da população, a poligamia é comum também entre os cristãos.

            O livro que representa a literatura do Senegal, no projeto 198 livros, é o da escritora senegalesa, Mariama Bâ, Une si longue lettre. O romance, é narrado em forma de carta, de Ramatoulaye, para sua melhor amiga, Aïssatou, no período de reclusão pela viuvez. Aborda a situação da mulher na sociedade senegalesa; a ausência de direito das mulheres, que são forçadas ao casamento ainda muito jovens, e a conviverem com a poligamia. À medida que vai revivendo os momentos felizes que viveram juntas, na juventude idealista, no casamento de ambas, realizado por amor, mas que foram arruinados com a ajuda do sistema de poligamia, vai fazendo uma análise da sociedade e do país. Ramatoulaye é bastante lúcida, apesar de condenar a poligamia, que considera uma traição autorizada pela sociedade, não credita a ela o fracasso do seu casamento. O casamento para ela é uma decisão do coração, tomada por dois.  Trata-se de uma história de amor, de uma mulher guerreira, mas consciente de suas fraquezas.  Um maravilhoso romance, numa excelente viagem ao Senegal.

 

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s