Suécia

Padrão

    A_PROCURADA_1242681148B                Apesar de ainda não conhecer o país “ao vivo”, já o conhecia de outras viagens literárias. E foi depois de ter lido a trilogia  Millennium, de Stieg Larssonque descobri o blog de Camila Navarro, quando pesquisava sobre esse maravilhoso país. E assim, sem saber, havia dado o pontapé inicial para me juntar ao projeto #198livros. Apesar de tentar seguir a ordem de Camila, as vezes essa lógica sai bagunçada, e a Suécia foi uma tentativa de desordem organizada, pois combinamos, todas as seguidoras do projeto, de tornar o livro da Suécia o destino da vez para todas. É, esse projeto tem um pouco de tudo, mas é acima de tudo muito divertido. E sendo assim, com a anuência de todas escolhemos “A procurada”, de Karin Alvtegen.

                     Karin Alvtegen, é  uma premiada escritora, intitulada a rainha do romance policial sueco, e este livro, foi considerado o melhor Thriller Sueco de 2001, além de receber o Prêmio Poloni 2000, foi indicado ao Edgard Award em 2009.  O livro, narra a história de Sybilla, de 32 anos, que há quinze vive nas ruas de Estocolmo sobrevivendo a custa de pequenos golpes e expedientes, completamente a margem da sociedade. Numa noite, durante um dos seus golpes, acontece um bárbaro crime a poucos metros de onde ela se encontrava, e a vítima era o executivo ao qual ela havia aplicado mais um dos seus golpes. Com todas as pistas apontando para Sybilla, ela se torna a principal suspeita, e se antes ela conseguia administrar o vazio de sua tranquila existência, agora ele foge totalmente ao seu controle, e para não ser descoberta, ela precisa encontrar o verdadeiro assassino. Enquanto, os crimes vão se sucedendo, vamos conhecendo a trajetória de Sybilla, de filha única de um casal de milionários, até se tornar sem-teto, excluída da sociedade, e agora fugitiva da polícia.

                    No início, duvidava que a autora pudesse conduzir a história de forma a relacionar os crimes de forma convincente, mas a medida que fui avançando no enredo fui ficando irremediavelmente presa a ele, e não consegui mais parar de ler. Foi uma leitura divertida e empolgante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s