Brunei

Padrão

                   Brunei, oficialmente Estado de Brunei Darussalam, que em tradução livre significa “onde vive a paz”, está localizado na menor parte da Ilha de Bornéu, no Sudeste Asiático. É um pequeno país islâmico, um dos menores e mais ricos do mundo, com apenas 400 mil habitantes e praticamente do tamanho do nosso Distrito Federal. Foi colônia britânica, tornando-se independente apenas em 1977.  O livro escolhido, ou melhor dizendo, o livro encontrado para representar o país foi Written in Black, de K H Lim. Trata-se do primeiro romance do autor, que escreve apenas nas horas vagas, quando não está exercendo a profissão de médico. Nascido e criado em Brunei, formou-se em medicina no Reino Unido em 2008, e vive atualmente em Singapura.

                      O romance narra as desventuras de Jonathan, um menino de 10 anos, cuja família se encontra totalmente desestruturada. Sua mãe, saiu de casa há cerca de seis meses, teoricamente para tratamento de saúde na Austrália, e ele se encontra angustiado, de saudade, e por não conseguir conversar com ela ao telefone; Michael, o irmão mais velho, um adolescente de 16 anos, foi posto pra fora de casa pelo pai, há dois meses e meio, por fugir ao seu controle; e para completar, ele não mantém um relacionamento amistoso com o pai, que é emocionalmente instável e agressivo. No início do romance, ele recebe a notícia que o avô, que mora com o tio em outra cidade, faleceu, e assim a família, o pai, a irmã mais velha, e o irmão mais novo, têm que se deslocar para lá, para participar do funeral. Inicialmente, Jonathan, nutre a esperança, que a mãe retorne para poder assistir ao funeral, mas quando percebe que isso não irá acontecer, e que parece haver um complô, para mantê-lo incomunicável com ela, ele se desespera, e resolve ir atrás do irmão. Acredita, que Michael pode saber o que está por trás da partida da mãe, pois descobre, através do primo, que os dois continuam se comunicando. Assim, quando o caminhão vem fazer a entrega do caixão do avô, ele se esconde, em um caixão vazio, dentro do caminhão, para tentar chegar até o irmão. Tem início então, a grande aventura de Jonathan, que precisará de muita coragem, para enfrentar todo tipo de perigo e adversidade pela frente, no encontro com os poklans (gang de adolescentes de Brunei, cheiradores de cola) e com vendedores esquisitos, nas casas assombradas, além de grandes descobertas, como a amizade e o conhecimento de si mesmo.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s