Pirâmide de Kukulcán-Chichén Itzá

Padrão

IPHONE DE ANA 354               Eleita uma das 7 maravilhas do mundo moderno em 2007, a cidade maia de Chichén Itzá, também declarada Patrimônio Cultural da Unesco em 1988, fica situada no estado de Iucatã, no México. A partir do momento que confirmamos a viagem para Cancún, virou meu objeto de desejo, e ato imediato foi incluída no roteiro, deixando os detalhes para serem acertados quando estivéssemos lá. Passado o objetivo principal da viagem, que era o casamento, começamos a programar os passeios na região. E claro que Chichén Itzá foi logo a primeira da lista, para não ter o menor perigo de ficar para trás. Agendamos um pacote com uma das agências de turismo que funcionavam no hotel, que incluía além da ida para Chichén Itzá, uma visita a um cenote e a cidade colonial de Valladolid. Embora não goste muito de excursões, fechamos com a maioria, e apesar de alguns inconvenientes que sempre vêm com esse tipo de tour, tais como: a perda de tempo passando para pegar outros integrantes em hotéis, e paradas onde se ofereciam artesanatos a preços astronômicos, as explicações do guia em Chichén Itzá compensaram todos os contratempos.IPHONE DE ANA 353

                 O sítio onde se localiza Chichén Itzá, fica num parque arqueológico não muito distante da entrada principal. São muitas as recomendações que recebemos antes de entrar no parque, mas quase todas superáveis sem maiores problemas. O calor no entanto, foi um desconforto, quase insuperável.  IPHONE DE ANA 351

              Quando chegamos no parque era quase meio-dia, e no local onde ficam a pirâmide de Kukulcán, o Campo de Jogos dos prisioneiros, a Praça das Mil Colunas e o Templo de Chac Mool, não têm sombra, é de enlouquecer! Muitos do nosso grupo desistiram, e deram por visto, mas eu e Daniel ficamos até o fim,  para poder ouvir todas as explicações do guia e percorrer tudo que havia para ser visto.

Derretendo no sol

Derretendo no sol

Templo de Chac Mool

Templo de Chac Mool

IPHONE DE ANA 365

Campo de Jogos dos prisioneiros

Campo de Jogos dos prisioneiros

Detalhe da serpente. kulkucán quer dizer serpente sagrada

Detalhe da serpente. kukulcán quer dizer serpente sagrada

Daniel's 218

             A ciência dos Maias é inacreditável! Nada naquela pirâmide foi feito ao acaso, tudo tem uma razão, desde o local escolhido, as proporções, a acústica, tudo! É fantástico! Em compensação a política deles de sacrifícios humanos é de arrepiar!

Uma resposta »

  1. Pingback: Tulum, o início da Riviera Maia | Ana Luiza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s